Blog do Abilio Diniz

Arquivo : abril 2017

Parabéns, Leco
Comentários 89

Abilio Diniz

Parabéns, Leco, você talvez tenha ganho uma das mais importantes eleições já realizadas no São Paulo. Não importam os caminhos percorridos, hoje isso é passado. O que importa é que você chegou lá.

Todos sabem que eu estava em lado contrário, apoiando a candidatura Pimenta, e critiquei muito a sua gestão. Mas isso também já faz parte do passado. O que importa é o presente e o futuro, e é dele que quero lhe falar.

O São Paulo é maior do que os seus dirigentes e os seus momentos. É para isso que devemos olhar. Você é o presidente eleito, e todos devemos agora apoiar o sucesso de sua gestão, pelo bem do nosso São Paulo.

Você recebe um clube com um Conselho totalmente dividido, e isso pode ser muito ruim para a sua gestão.

Eu sempre preguei a união de todos os partidos políticos do clube e de todos os conselheiros. Este apoio é fundamental para o sucesso de qualquer agremiação. Peço que você lute por isso, pacifique a política dentro do São Paulo, procure fazer com que não haja vencidos e vencedores. Assim poderemos levar o clube de novo a ser líder do futebol brasileiro e mundial.

Peço também que você dê força ao novo estatuto. Ele não é ainda o ideal, mas representa um avanço em termos de democratização e de uma nova governança. Sei que não vai ser fácil; tem muita gente próxima a você que prega o presidencialismo sem compartilhamento do poder e quer rever o estatuto. Espero que você resista.

Também espero que você escolha de forma adequada os membros do Conselho de Administração, contemplando os vários partidos existentes no Conselho. Tenho certeza que essa pluralidade democrática contribuirá fortemente para a tão necessária união.

Peço isso porque acredito que o sucesso de sua gestão dependerá muito do apoio que você tiver de todos.

O São Paulo vive um momento ruim, mas acredito que com união, boa gestão, transparência e a aplicação correta do novo estatuto, você poderá superar essa fase com o apoio maciço dos são-paulinos.

Não sou uma pessoa sectária. Acredito na busca de resultados de forma eficiente e pragmática. Sempre apoiarei as boas ações.

Você venceu a eleição, e agora torço para que faça o melhor pelo nosso querido clube.

Leco, eu lhe desejo boa sorte, saúde e que Deus ilumine o seu caminho.


SPFC não consegue criar e perde no Morumbi
Comentários 36

Abilio Diniz

Novamente o São Paulo não teve uma boa proposta de jogo para enfrentar um adversário com características táticas muito bem definidas. A dificuldade foi evidente e o resultado foi uma dura derrota por 2 x 0 para o Corinthians no jogo de ida da semifinal do Campeonato Paulista.

Todos sabem como atua o time de Carille. Defesa fechada, muita marcação, jogo truncado, sem deixar o adversário criar. O SPFC não conseguiu encontrar uma forma eficiente de neutralizar esse esquema tático.

O time de Rogério Ceni continuou com sua maneira de jogar, buscando o ataque sempre, com muita posse de bola e troca de passes, mas hoje com pouca efetividade. Foram poucos lances de gol, a não ser chutes de longa distância e bolas alçadas na área para cabeceio de Pratto, hoje pouco inspirado.

Perdendo por 2 x 0, Rogério colocou Gilberto no lugar de Luiz Araújo na volta do intervalo, deixando claro que iria priorizar o chuveirinho. O SPFC conseguiu pressionar mais, mas na realidade foi o Corinthians que caiu de produção depois da saída de Jadson, perdendo sua força de ter um contra-ataque eficiente.

O momento do São Paulo não é bom. Há uma desvantagem importante de dois gols na Copa do Brasil para enfrentar o Cruzeiro, em Belo Horizonte e agora, o mesmo prejuízo para jogar contra o Corinthians no Itaquerão.

É nítido o esforço de Rogério Ceni, que tem demonstrado trabalhar muito para tirar o time dessa situação. Mesmo assim, o SPFC continua sua trajetória perdedora também em 2017.

É preciso mudar o São Paulo e a esperança é a eleição deste dia 18. Quem sabe esta terça-feira passa para a história como o dia do renascimento do SPFC. Acredito muito que a aplicação do novo estatuto é a única saída para que o clube volte a seus momentos de glória e de vitórias. Que os conselheiros do São Paulo também compreendam a importância deste momento e façam sua escolha corretamente.


Derrota complica a vida do SPFC na Copa do Brasil
Comentários 10

Abilio Diniz

Mau resultado para o São Paulo no Morumbi. Não era o que os mais de 43 mil são-paulinos que foram ao jogo esperavam. A derrota por 2 x 0 para o Cruzeiro dentro de casa dificulta, e muito, a vida do SPFC na sequência da Copa do Brasil.

Na partida desta quinta-feira ficou nítida a dependência de Cueva. O São Paulo sofre muito sem o peruano. Sem ele, não há ninguém para armar o jogo. Sem criatividade, o time de Rogério Ceni sentiu muitas dificuldades e não conseguiu chegar com qualidade ao ataque contra o adversário.

Para piorar a situação, o Cruzeiro conseguiu abrir o placar em uma falta de sorte de Pratto, que anotou um gol contra. Ter que buscar o resultado trouxe muitos problemas ao SPFC, que não conseguia se organizar ofensivamente.

A dificuldade era visível, até que, em nova falha do sistema de marcação, Hudson aumentou o placar para o Cruzeiro e colocou ponto final em um jogo em que o SPFC realmente não se encontrou.

Vai ser uma missão difícil reverter o placar em Belo Horizonte. O Cruzeiro é um time muito eficiente na marcação e tirar uma vantagem desse porte exigirá uma atuação praticamente perfeita do São Paulo.

Que fique o aprendizado para corrigir os defeitos do jogo desta quinta-feira. O SPFC tem uma partida muito complicada contra o Corinthians neste final de semana pelo Paulistão e não pode deixar o resultado contra o Cruzeiro abalar, a ponto de prejudicar o desempenho do time.

Vamos seguir torcendo.


SPFC vence em jogo morno no Morumbi
Comentários 16

Abilio Diniz

É difícil tornar emocionante um jogo de campeonato regional entre um grande e um time do interior. O São Paulo, mesmo assim, fez sua parte e venceu o Linense por 2 x 0, dando um grande passo para se classificar à semifinal do Campeonato Paulista.

O Linense jogou pelo empate e veio completamente fechado. O São Paulo, mesmo vencendo, teve dificuldades para furar essa retranca, principalmente no primeiro tempo. O time teve muita posse de bola e não foi ameaçado, mas a falta de criatividade fazia com que a partida ficasse muito burocrática e com poucas chances de gol.

Logo no início da segunda etapa, o SPFC conseguiu marcar seu gol em uma jogada ocasional. Após um cruzamento, Rodrigo Caio cabeceou para o meio da área, mas a bola bateu em um zagueiro do Linense e matou o goleiro.

O gol poderia ser a chave para que o time do interior se abrisse mais em busca do empate. Entretanto, isso não aconteceu. Contra um adversário que seguiu fechado, o São Paulo seguia com controle do jogo, mas sem criar grandes oportunidades.

Com a expulsão de um jogador do Linense, o São Paulo se aproveitou e marcou seu segundo gol no final do jogo com Pratto, para aumentar mais a vantagem para o jogo de volta, no próximo final de semana.

Em uma partida morna, o destaque ficou para o bom trabalho de Jucilei, que dominou completamente o meio de campo. O SPFC ganha uma opção interessante tanto para o sistema defensivo, quanto para a saída de bola.


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>