Blog do Abilio Diniz

Arquivo : maio 2017

Até logo
Comentários 83

Abilio Diniz

Amigos e amigas leitores deste blog, quero antes de tudo agradecer a atenção de vocês ao longo desses anos. Essa troca de visões e experiências foi extremamente gratificante para mim. Quero também agradecer muito ao UOL por este nobre espaço, de alcance e força indiscutíveis.

Mas chegou a hora de dar uma paradinha.

Acho que parar de escrever por um tempo é a melhor contribuição que posso dar hoje ao São Paulo, o meu time de coração e sobre o qual escrevi a maioria de meus posts aqui no blog.

Meus comentários, principalmente sobre estratégia e tática, tiveram sempre o objetivo de tentar ajudar os leitores a compreenderem a forma de atuação do time. É claro que sempre há espaço para aplaudir, mas muitas vezes as críticas são necessárias e, em alguns casos, remetem a posições acima do time e do Departamento de Futebol. Sempre fui crítico da atual gestão, que agora adquiriu o direito de dirigir o SP por quase três anos mais.

Desejo sucesso à gestão que se inicia agora e espero que o clube recupere o seu caminho e as suas glórias. Deixo aqui desde já o meu aplauso a tudo o que for feito de bom, da mesma forma que quero me escusar de criticar, mesmo que fosse necessário.

Várias pessoas me perguntam se seria possível esquecer o passado e, com meus conhecimentos de gestão, colaborar com os dirigentes do clube em prol de um SPFC mais forte e glorioso. Na minha vida já fiz isso várias vezes: não lamentar o passado e acreditar no futuro. Sempre achei que os grandes homens são reconhecidos mais por suas reconciliações do que por suas lutas. É claro que, para o bem do SPFC, poderia me reconciliar com o Leco. Mas, para isso, ele também precisa querer, de forma sincera e verdadeira. O mais importante seria ele se abrir para o novo, ciente de que a grandeza na vida é a nossa disposição para aprender. Aprender sempre.

Meus caros leitores, eu detesto três coisas: cebola, despertador e despedida. Então isso não é uma despedida, mas um até breve. Meu desejo é retomar o blog num futuro não muito distante.

Separei desde já espaço em minha agenda para ver praticamente todos os jogos da Copa do Mundo no ano que vem, quando nossa seleção deve brilhar sob o comando do Tite.

Espero voltar antes, mas, no máximo, até a bola rolar na Rússia estarei novamente comentando o futebol, essa eterna caixinha de surpresas, paixões e alegrias.

Até logo e muito obrigado.


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>